Dicas para dirigir na Itália

02.12.2016

Esse post não está ligado diretamente a cidadania, mas como muita gente que vem à terra da bota, pode alugar um carro e dirigir, achamos bacana dividir nossa experiência e dar algumas dicas úteis.

 

Ainda no Brasil é importante providenciar a Permissão Internacional para Dirigir (PID), mais informações aqui, ou se você preferir, basta fazer a tradução juramentada da sua carteira de motorista. Nós optamos pela tradução da carteira de motorista, por acharmos mais prático.

 

Chegando na Itália, ao alugar o carro no aeroporto ou na cidade, se você for utilizar o carro por muito tempo, sugerimos que utilize o Telepass, mais informações aqui. Ele funciona como o nosso Sem parar e vai te poupar muito tempo. Como não fizemos o telepass, utilizamos muito o tal do biglietto e do pagamento com o cartão de crédito.

 

Como funciona o pedágio na Itália? Primeira coisa é que lá é tudo self service, ou seja, não vai ter uma pessoa para você interagir. Você chega e tem que se virar com uma máquina. Veja foto abaixo.

 

 

 

Se você vier direto do aeroporto, na primeira máquina que você encontrar, basta coloca o seu cartão de crédito internacional na máquina, que será cobrado o pedágio do percurso percorrido. Geralmente o valor não é alto, cerca de 1 a 2 euros. A máquina "engole" seu cartão, faz a cobrança e devolve em questão de minutos e ainda se despede com um "arriverderci".

 

Quando você vai de uma cidade à outra, muitas vezes você pega primeiro um bilhete numa máquina, como esse da foto. abaixo. Depois de algum tempo, você encontra outro pedágio e nesse segundo pedágio, você primeiro entrega o bilhete que pegou antes e depois paga o pedágio. Por isso é importante sempre guardar o bilhete, pois não faço ideia de como resolver a perda dele, já que não há como negociar com a máquina.

 

O bacana desses bilhetes é que com ele, o pedágio cobrado é relativo somente ao percurso percorrido na estrada, diferente do Brasil que basta entrar na zona de pedágio e você paga o valor total do pedágio. Quase todos os pedágios tem valor baixo. O maior valor que pagamos foi do percurso Milão-Bologna que foi cerca de 15 euros

 

 

 

Muitos postos de gasolina também são self-service. Para utilizá-los, você primeiro paga o valor que pretende abastecer no caixa, que geralmente é uma máquina que fica ao lado da bomba e depois você abastece o carro com o valor equivalente ao que foi pago. 

 

Uma dica muito importante é sobre a temida ZTL ou a zona a traffico limitato, que nada mais é do que a limitação de carros na região central das cidades italianas, onde só podem circular carros que tem uma autorização especial, uma espécie de selo colado nos carros, geralmente de moradores da região. As ZTls são temidas, pois se você não conhece a sinalização, vai tomar multas pesadas sem nem perceber, pois geralmente as placas avisando do local de circulação proibida é já no início da ZTL e, logo após a placa já há câmeras para multar os motoristas, veja foto abaixo.

 

 

 

Não existe nenhuma informação sobre as ZTL nos mapas de GPS das locadoras de veículos ou mesmo no Waze. Desse modo, o ideal é sempre verificar qual é a região que terá a ZTL na cidade que você for visitar e parar em algum estacionamento próximo. Se você notar que entrou em alguma ZTL existe grandes chances de ter sido multado porque sempre há câmeras, como disse acima.

 

Porém descobrimos que se você estacionar o carro em algum estacionamento privado, a multa é cancelada, pois o vigile passa todos os dias nesses estacionamentos e pega a relação dos carros que foram estacionados no local para cancelar as multas. É meus amigos, o vigile não fica só visitando os ítalo-brasileiros que vão dar entrada na cidadania. Descobrimos outro trabalho dele. Quanto a multa, sugerimos, que você guarde o comprovante de pagamento para recorrer dela caso a receba. Saiba que pode demorar até 1 ano para ela chegar.

 

A última dica é sobre os estacionamentos na Itália. Existem os estacionamentos privados, como no Brasil e os estacionamentos públicos, que são pagos nas máquinas que ficam próximas ao locais, ou mesmo na rua e funciona como a nossa famosa zona azul. Fique atento a cor das faixas pintadas que demarcam as vagas. As vagas que são permitido o estacionamento de carros são as azuis. As faixas brancas e amarelas são privadas. Se você parar nessas vagas, corre o risco de ter o carro guinchado.

 

Até o próximo post!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Destacados

Cidadanias Canceladas - Entenda o motivo

19.08.2019

1/10
Please reload

Instagram
Posts Recentes

05.12.2018

Please reload

Please reload

Siga
  • Facebook Long Shadow